Os pés são asas que através da música levam o corpo que dança, para lugares que a alma se encanta. (Josélia S. G.)

terça-feira, 3 de maio de 2011

CIRANDATERAPIA

Cirandaterapia – danças circulares

Atividades terapêuticas e de harmonização pessoal, dinâmicas - práticas vivenciais, danças variadas juntamente com rodas de brincadeiras, onde pessoas de todas as idades podem participar juntas

O que são danças circulares
      As danças circulares são praticadas em grupos, em circulo, seguindo uma coreografia que vai de passos simples até os mais elaborados, onde os participantes da roda conectados entre si reúnem energia em busca da harmonia nos quatro níveis: mental, físico emocional e espiritual.
No meio do circulo existe um ponto onde todos estão ligados, onde se faz a conexão do amor e da energia criadora.
Nessas danças não existe a competição e sim a cooperação e descontração.
Os objetivos dessas danças alem de propiciar a cultura e tradição das danças de outros povos é a harmonização, confiança, alegria, sentimento de bem estar em todos os níveis, cooperação, união, sensibilização, organização, raciocínio, memória, ritmo, saúde, consciência corporal, equilíbrio entre outros.
      Desde o inicio dos tempos o homem dança. Dança para seus deuses, para celebrar a chegada das estações do ano, as colheitas, as uniões familiares, os nascimentos e ate mesmo a morte.
       A dança sagrada chega até nós por meio de um bailarino e coreografo chamado Bernard Wosien, que em 1976, na fundação Findorhn, na Escócia, começou a difundir as tradições das danças sagradas. A palavra sagrada é para fazer lembrar que as danças não são apenas uma atividade física, mas um envolvimento dos corpos mental e emocional que conecta a terra e o espírito onde se canaliza a energia de cura para si, para os outros e para o planeta.

Você esta convidado a experimentar e juntar-se a essa ciranda de autoconhecimento, ritmos e energia positiva. Aula experimental gratuita

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nosso endereço